Inicio Sobre Checklist Parceiros Participe

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

23 1 ano

a vida é mesmo irônica. Eu planejei o post abaixo com tanto carinho e ele deveria ter sido postado hoje cedo. Mas ontem à noite, meu avô materno faleceu. Foi um ano de muito sofrimento e luta, ele ficou acamado todo esse tempo. Agora descansou em paz. E hoje, dada a largada pro meu casamento, eu estava no velório e depois enterro... ainda aconteceram mudanças na rotina do emprego, ixi. Semana que vem volto com maiores esclarecimentos. Vamos curtir o início da minha largada... 


Quando eu penso que falta 1 ano pro nosso casamento, eu praticamente não acredito. Simultaneamente lembro-me muito bem de alguns acontecimentos marcantes. Aquela história clichê do "rodou um filme da minha vida na cabeça". Bem assim e exatamente assim, esse filme:

O filme começa na minha infância. Eu fui(e sou, obviamente) filha única. Meus pais sempre me deram tudo o que quis(e mais um pouco talvez). Eu não acho que isso me tornou uma adulta mimada. Sou bem consciente do máximo que meus braços podem alcançar. E também sei me contentar com o que tenho e ser feliz com o que posso. Mimada nunca fui, mas sonhadora... ai, ai, ai, desde criança. Uma das minhas brincadeiras favoritas era a de Barbie. A cada aniversário e Natal, eu ganhava sempre mais uma. E mais outra. E um Ken. E então o furgão da Barbie. E a casa da Barbie. E o consultório da Barbie... eu tinha uma coleção de 28 Barbies e 2 Kens para essa mulherada toda. Obviamente eu não brincava com todas... eu brincava com a mesma todas as vezes: a noiva!!!!

Minha Barbie noiva era pra mim a mais linda. O vestido era de manga comprida, com transparências e laços românticos. A parte da saia, era desmembrada da parte de cima e eu me lembro até hoje de quantas vezes eu tirei e coloquei esse vestido na boneca. Porque obviamente a Barbie, apesar de noiva, tinha uma vida particular e usava tênis(mas ficava péssimo, porque a Barbie tem aquele pé inclinado salto 15, estão lembradas?)! Ela não andava de noiva todo dia, né?! Mas na minha brincadeira, o vestido estava sempre disponível e eu SEMPRE vestia a boneca, mesmo antes do casamento. E a brincadeira toda era preparar o casamento da Barbie. Por sorte eu tinha muitas figurantes no casório, mas apenas um noivo e um padre! Mas não tinha erro, gnomos eram os pajens a moranguinho cabeçuda era a daminha e o furgão o grande carro. Eles casavam no tapete, a lua de mel era bem rápida e a casa da Barbie logo estava cheia de gnomos filhos e moranguinhos filhas!
Ah meu Deus, eu encenei essa cena diversas vezes na minha cabeça e agora as coisas não são uma brincadeira de Barbie, as coisas são reais.

Isso sem contar as vezes em que pegava o lençol, colocava na cabeça como um grande véu e saia arrastando pela casa e soando a Marcha Nupcial... mãe, não briga comigo, mas eu também peguei alguns colares nessas ocasiões.

E até a dificuldade da vida a dois já foi encenada na minha infância quando eu brincava de boneca, empurrava o carrinho e dizia para a vizinha: "Ahhh, mas o meu marido não ajuda em nada"... hahaha.

Era bom ser criança.

A criança cresceu.

E os sonhos também cresceram. Tomaram forma e estão se tornando realidade pouco a pouco. Não posso dizer que falta um ano pro meu sonho se tornar realidade porque isso acontece a cada dia, desde que encontrei meu noivo =]
Dia a dia construímos um pedacinho da nossa vida e com certeza o último tijolo não será no casamento. O casamento é uma etapa e tenho que falar que em menos de um ano estaremos recebendo as chaves da nossa casa da Barbie! Isso é um grande sonho se realizando. Tem horas que eu fico mais ansiosa pra morar no nosso apartamento e viver a nossa vida do que pra me vestir de noiva. Mas tem horas que sobe uma loucura e eu praticamente vou até a loja e peço uns minutos com meu vestido.
É assim, esse turbilhão de sensações dentro de mim.

E então, ano que vem, eu viverei a realidade daquela encenação que fiz diversas vezes na infância:

Dormirei com certa ansiedade. Talvez não consiga nem pregar o olho. Quando eu acordar, sentirei-me leve como uma pluma. Perto do almoço, vou comer alguma coisa habitual para não fugir da rotina. Chegarei ao salão pra me arrumar. A tarde talvez passe a passos de tartaruga. Quem sabe eu receba algumas visitas. Ficarei curiosa para saber do noivo. Trocaremos mensagens. Tomarei um banho relaxante. Quando estiver entardecendo, borboletas em meu estômago. Estarei do jeito que sonhei e feliz com os detalhes. Por volta de 18h o motorista vai me pegar. Quando eu descer as escadas, meu pai vai se emocionar e entrar comigo no carro. Chegaremos pontualmente e esperaremos dentro do carro com os vidros bem fechados. Verei meus convidados chegando. 19h: ponho-me em frente à porta da Igreja. Lado a lado com meu pai. Escutamos claramente a Orquestra linda e então a minha clarinada. Quando emendar na marcha, as portas se abrem e o nosso grande momento terá chegado. Quando eu olhar pro meu noivo será único e marcante. E aqui eu terei a certeza de tudo valeu a pena.

1 ano. 1 ano.

09 DE NOVEMBRO DE 2013 SEU LINDO! CHEGA CHEGA!





23 comentários:

  1. Oi Kathe,
    ps: nao ligue para a falta de acentos, ok? Rsrs
    Moca, fiquei mega feliz por ser a 1 a comentar nesse post mais que especial. E mais uma vez, as coincidências nos aproximam, perdi minha avo materna semana passada, passamos por meses e períodos difíceis... E agora tambem descansou em paz; somos filhas únicas rsrsrs, tambem nao sou mimada, tenho meus dois pés bem presos ao chão, dou valor até para um copo de água e sonhadora? Ah, e como principalmente agora rsrs. Os gêmea, fomos separadas na maternidade? Rsrsrs

    Chorei muito ao ler seu post, emoção total, arrepios, suspiros e um desejo enorme de que nossos dias cheguem logo, para que possamos aproveitar tudo o que tanto idealizamos , para que possamos ter nosso dia de princesa (seria bom que ele nao tivesse termino...). A sua descrição do dia foi mais que perfeita, tenho certeza tambem que ficarei mega pilhada ndias antes e no dia D uma paz ira tomar conta da pessoa rsrs e quanto mais nossa hora se aproximar, ficaremos um pouco angustiadas, pois nossa vontade seria de ser uma borboleteara e poder dar uma voltinha na igreja, ver a decoracao, passar por entre os convidados, o noivo e uma passada mega rápida pela recepção para ver como ficou tudo.

    Nos conhecemos por e estarmos vivenciado a mesma fase: noivas e graças aos nossos bloquinhos, saiba que torço muito por voce, espero poder te conhecer no encontro das noivas e no dia farei uma oração para que nossos relacionamentos sejam sempre abençoados e para que tenhamos muito, mas muito amor e felicidades. Vamo que vamo, que eu já estou chegando ao 11 meses rsrsrs
    Bjo

    ResponderExcluir
  2. Poxa Kathe, por mais que todos já sabemos desde sempre que a morte é algo que chega para todos, nada nos prepara realmente para encarar a ida de uma pessoa querida. Eu já perdi os meus dois vô e Vò e sofri muito, pois principalmente a minha vó, eu era muito apegada. Mas sempre penso que melhor assim do que vê-los sofrer. E o que fica são as lembranças boas e os ensinamentos que eles nos deixaram. Força nessa hora e para não ficar muito tristinha pensa que agora só falta 01 ano para o seu bigday!!!!!!!
    bjão

    ResponderExcluir
  3. No começo a gente fica assim: "ah mas falta muiiito tempo ainda". Mas o tempo vai passando e qdo se vê, vai chegando cada vez mais perto!!! Fiquei muito feliz por vc!! Adorei seu post e seu relato da barbie!!! Eu adorava vestir o vestido de noiva da minha mãe e brincar com a minha irmã kkkk!
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Kathee amigaa!! Me fez chorar com esse post lindo agora!!
    Muita força para você e sua família nesse momento difícil. Sempre que precisar pode contar comigo viu?!
    E agora a contagem vai ficar ainda mais rápida!!

    Beijão

    ResponderExcluir
  5. Que lindooo Kathe seu post!!!

    Sinto pelo seu vô!


    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Kathe, sinto pelo seu avô, que Deus possa consolar vc e sua família.

    E menina, amei sua analogia... post lindo e cheio de emoção! Amei, e realmente, quanto mais passa o tempo mais nos pegamos ansiosas, perdidas, confusas, cheias de certezas e sonhando cada vez mais... e o que importa é que sabemos que esse sonho vai se realizar!!!

    Estamos contando junto com vc!

    =D

    Beijos
    Icara

    ResponderExcluir
  7. Olá, parabéns pelo blog!
    Se você puder visite este blog:
    http://morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderExcluir
  8. Kathe parabéns pelo post! Em vários momentos dele eu me identifiquei com você! Comigo funcionava assim também! Eu tinha várias barbies e amava casar elas com o único Ken que eu tinha! KK

    Já me vesti muitas vezes de noiva e casava pela casa usando os lençóis da minha mãe (que era meu vestido de noiva) ela queria me matar quando via a cena.

    Logo logo seu grande dia vai chegar!
    Sinto muito pela perca do seu avó eu sei o quanto isso é difícil! Se precisar pode contar comigo viu? Fica bem!

    Beijos






    ResponderExcluir
  9. meus sentimentos pelo seu avô, bom querida falta muito pouco e o frio na barriga começa a formigar de repente um replay de como o tempo passa rápido, espero que tudo ocorra bem... beijos felicidades e paciência*

    ResponderExcluir
  10. Que lindo post kathe, eu até me emocionei!!! Sinto pelo seu avô, mas sei que Nosso Pai Maior o receberá alegremente e ele viverá para a verdadeira vida.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Menina que post emocionante...partilho um pouca desta infancia sonhadora...sonhando com o tao esperado casamento...que aconteceu sim,mas totalmente fora dos meus planos...tudo acabou e hj estou aqui prestes a noivar e pronta para planejar e realizar meu sonho do jeitinho que sempre quis...bjos

    ResponderExcluir
  12. Kathe meus sentimentos!!!
    Desejo que esteja bem e que seu coração esteja tranquilo!

    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Meus sentimentos, que Deus possa conforta seu coração.

    O post está lindo, cheio de inspiração, 1 ano passa voando.

    Bjs

    ResponderExcluir
  14. Deus sabe o que faz e se ele chamou seu vô que seja para ficar ao lado Dele.

    1 ano passa rápido hein!!

    bjs!!


    http://diariodeumabride.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Kathe nós já achamos o contrário. Todos os dias passa um carro lavando as ruas em Lisboa, achamos bem limpo lá. Já Madri é bem mais suja. De qq forma cada uma tem seu encanto e vale muito a pena conhecer. Tbm amo viajar e espero fazer muitas outras viagens como essa.
    bjão

    ResponderExcluir
  16. Meus sentimentos pelo seu avô. Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Querida meus sentimentos pelo seu avô

    Adorei o seu post e a história toda rs
    Agora o tempo vai voarrrrrr

    Bjus

    Taty

    ResponderExcluir
  18. Kathe sinto pela sua perda, fique em paz.

    Achei lindo seu relato desde a infância até os pensamentos sobre como será o grande dia, é um turbilhão de emoções que não conseguimos explicar né?!
    Desejo que dê tudo certo nesse 1 ano, sem dúvidas que seu grande dia será lindo!

    Ah hj postei a sua paleta lá no blog, espero que goste!


    Beijos,
    Blog: Vida de Noiva

    Produtos de Casamento: Clique Aqui

    Sorteio de 1 Buquê de Sapinhos: Clique Aqui e Participe!!!

    ResponderExcluir
  19. Oi!!!
    Tem selinho pra você lá no blog.
    Bjo

    ResponderExcluir
  20. Kathe tem selinho pra vc lá no blog!
    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Oi Kathe! Sinto muito pela sua perda! Espero que fique bem viu?

    Esse ansiedade é maravilhosa né? Esse pra mim também é um sonho
    de menina que se realiza! Hehehe

    Um beijão! Fica com Deus!

    http://www.nossomesdemaio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir